Nutricionista do GRB dá dicas de alimentação para atletas

A prática de atividades esportivas proporciona benefícios ao corpo, à saúde e à qualidade de vida, no entanto para que os resultados apareçam é imprescindível adotar uma alimentação equilibrada. No caso dos atletas, a alimentação diferenciada é recomendada em função do gasto energético e da necessidade de nutrientes, além de variar conforme a modalidade praticada, fase de treinamento, competição e momento de ingestão. “Como um atleta se alimenta influencia de forma positiva ou negativa em seu rendimento”, diz Pricila Wyrgun, nutricionista do Grêmio Recreativo de Barueri.

Dentro os princípios básicos que devem ser seguidos um dos mais importantes é a ingestão de água. Durante um treinamento e/ou partida de futebol, por exemplo, um jogador pode perder de 1 a 3 litros de líquidos, ou mais, através do suor. A hidratação é fundamental para o organismo manter os níveis sódio, potássio e fósforo nos músculos. Os atletas devem tomar mais de 2 litros por dia. Outra dica é seguir regularmente os horários das refeições, fracionando-as a cada 3 horas com pequeno volume de alimentos balanceados. Isto faz com que o organismo mantenha-se abastecido e não ocorra sobrecarga digestiva e nem flutuações no nível de fome.

Em competições

Para os atletas, que se preocupam com a saúde e buscam alcançar maior desempenho, a nutricionista do GRB, comenta um roteiro de alimentação equilibrada a ser seguido próximo às competições. Na véspera, consuma alimentos fonte de carboidrato complexo (arroz, macarrão e pães) para aumentar os estoques de energia nos músculos e fígado. Prefira carnes magras (aves e peixes). Evite verduras, consuma frutas com maior quantidade de carboidratos (banana) e hidrate-se. No dia da competição, realize um café da manhã leve, com pães, suco e uma porção de fruta. Uma a duas horas antes do início da competição coma um lanche leve (pão de forma com queijo ou requeijão ou geleia) e tome uma bebida isotônica da sua preferência. Já, ao final da competição, reponha os líquidos perdidos e consuma uma refeição completa com carboidratos, proteínas, legumes cozidos e salada, além de frutas.

Preste atenção ao repouso. É durante o descanso que seus músculos ganharão tônus e ficarão rígidos dando sustentação ao corpo que está sendo preparado para provas.  Evite chocolate, café, chá preto ou mate e refrigerantes à base de coca. Esses alimentos são fonte de substâncias como a xantina e a cafeína, que estimulam o sistema nervoso central, atrapalhando o desempenho do sono. “Lembre-se que buscar uma orientação nutricional adequada sempre será instrumento para corrigir erros na alimentação de forma qualitativa e quantitativa”, diz Pricila.

Grêmio Recreativo Barueri - Av. Sansão, No.110 –Jardim São Pedro –CEP: 06402-200 – Barueri/SP
Fone: 4163-2251 - Administração